Topografia

A turma de Agrimensura

Eu sei que a foto está horrível, mas pense bem, nesta época estavam começando a surgir as máquinas digitais, totalmente sem resolução. Lembram daquela câmera digital cinza? Era ela mesmo. A foto nem pode aumentar o tamanho senão deforma tudo, vira um pixel só.

                O ano era 2003. Na época eu cursava  Geoprocessamento que na época se chamava Sensoriamento Remoto no IFG que se chamava CEFET. Este curso de Sensoriamento Remoto dava trabalho, ninguém conhecia, não sabiam o que era, enfim, era melhor que não me perguntassem que curso eu fazia.

                Sabe aquelas matérias que deixa aquele tantão de dependência? Felizmente fiquei em uma delas: Matemática Analítica (seria mesmo este o nome?). Para não prejudicar as matérias do meu curso resolvi assistir as aulas juntamente com a turma da Agrimensura no matutino.

                Não entendia muito bem o que eles conversavam sobre as matérias do curso deles, mas me parecia que eram bem melhores que as do meu. Me sentia bem naquela turma, talvez por que eram meio baguncentos (epa, eu gostava de bagunça? Acho que eu era uma bagunceira reprimida)

                Fiz amizade com eles e com isso no semestre seguinte acabei optando por fazer uma matéria junto àquela turma. Eu me sentia mais em casa do que junto aos colegas do Geoprocessamento.

                Não sei onde andam todos. Às vezes sei do Marcos, mas minha eterna amiga Helena se tornou uma profissional bem sucedida, sempre marcamos de nos encontrar, mas os encontros nunca passam de conversas do facebook… rsss.

                O final da história? O amor cresceu, floresceu e me tornei agrimensora graças àquela matemática e aos colegas baguncentos mas muito queridos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *